A Dieta dos Alimentos Crus

A Dieta dos Alimentos Crus, conhecida também como Dieta Crudívora, Crudivorismo, ou simplesmente, dieta crua, tem como proposta o consumo de alimentos crus e a restrição de alimentos processados, refinados e industrializados. Os adeptos dessa dieta podem ser divididos em dois grupos principais, aqueles que também são vegetarianos ou veganos e aqueles que incluem carnes e peixes crus em sua alimentação.

Atualmente quando se fala na Dieta dos Alimentos Crus geralmente estamos nos referindo a uma dieta que, além de restringir o consumo de alimentos cozidos, abstém-se também de carnes e peixes, além dos produtos processados e industrializados.

Como funciona a Dieta dos Alimentos Crus

Como o próprio nome indica, nessa dieta o consumo se restringe a alimentos frescos e crus. Ou seja, quem segue essa dieta estará abdicando de pratos quentes. Basicamente a alimentação vai se resumir a frutas e hortaliças. Nozes, castanhas, sementes e algas também podem fazer parte do cardápio diário. As saladas serão o prato principal na maioria das refeições.

Café, açúcar, pães, massas, arroz e cereais são também proibidos.

O liquidificador se torna um importante utensílio na cozinha, já que sucos, smoothies e molhos feitos a partir de frutas e verduras batidos no liquidificador serão alimentos recorrentes na dieta.

Na versão mais radical da dieta, aquela praticada pelos veganos, além dos alimentos cozidos estão proibidos também os derivados de leite, produtos industrializados, processados e refinados, além de qualquer alimento de origem animal.

Por que evitar o cozimento?

Os proponentes dessa dieta acreditam que o cozimento produz resíduos tóxicos e consumindo alimentos crus o corpo não teria que lidar com esses resíduos.

Ainda segundo seus proponentes, o corpo humano está naturalmente adaptado ao consumo de alimentos frescos e crus. O cozimento seria responsável pela destruição de nutrientes importantes nos alimentos.

A Dieta Ajuda a Emagrecer?

A Dieta dos Alimentos Crus é, em primeiro lugar, um estilo de vida. O emagrecimento é uma consequência da alimentação à base de frutas e hortaliças e baixo consumo de gorduras saturadas.

Assim como a Dieta Macrobiótica, o principal objetivo é estabelecer um modo de vida saudável.

Benefícios

Uma dieta baseada em frutas e vegetais é comprovadamente saudável, leve e ajuda a desintoxicar o organismo. Problemas de constipação também são reduzidos. O emagrecimento é quase certo embora não seja o intuito principal da dieta, como já mencionamos.

Aqueles que seguem a dieta também relatam ter mais disposição, energia, positividade, melhoria na pele, cabelos e odor corporal.

Como a Dieta dos Alimentos Crus propõe uma alimentação rica em frutas e verduras, pouco sal e gorduras saturadas, ela pode ser benéfica para manter o colesterol e a pressão sob controle.

Desvantagens

Pode se tornar uma dieta impraticável a longo prazo. Possui custo elevado e pode ser difícil encontrar uma boa variedade de frutas e hortaliças para a elaboração de um cardápio que não seja enjoativo. Ou seja, é mais fácil para quem mora nos grandes centros onde se tem acesso a boas feiras, quitandas e mercados.

A elaboração de pratos feitos somente com alimentos crus pode ser trabalhosa e tediosa. Requer o aprendizado de técnicas diferentes na preparação das refeições.

Há implicações também na vida social da pessoa, algo corriqueiro como um almoço ou um jantar em um restaurante pode se tornar uma tarefa árdua.