A Dieta do Leite

Um estudo recente feito por pesquisadores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro revelou que o cálcio inibe a produção de um hormônio que seria um dos responsáveis pelo acúmulo de gordura no abdômen. No estudo, pacientes obesos foram divididos em dois grupos. Um dos grupos seguiu uma dieta com pouco cálcio enquanto o outro grupo seguiu uma dieta bem rica em cálcio. Nos pacientes do grupo da dieta rica em cálcio foi observado uma perda de gordura abdominal mais significativa.

Os nutricionistas responsáveis pelo estudo recomendam o consumo diário de 1.000mg a 1.200mg de cálcio. Um copo de leite(200ml) tem cerca de 270mg de cálcio. Uma fatia de queijo ou um pote de iogurte também contêm aproximadamente 270mg de cálcio.

Uma reportagem sobre esse estudo foi exibido em rede nacional no Jornal Hoje, da Rede Globo. Pouco tempo depois, uma versão de Dieta do Leite começou a ganhar popularidade e se espalhar pela internet. Essa dieta promete fazer a pessoa emagrecer 7kgs em 8 dias.

Como funciona a Dieta do Leite

A versão da Dieta do Leite que tem duração de 8 dias segue um cardápio específico como mostrado na tabela abaixo. A expectativa é que, após os 8 dias, a pessoa emagreça 7kgs.

Cardápio da Dieta do Leite
Dia Cardápio
1º dia 6 copos de leite
2º dia 4 copos de leite e frutas à sua escolha
3º dia 2 copos de leite, frutas e queijo à vontade
4º dia 4 copos de leite, uma fruta e um bife grelhado
5º dia 2 copos de leite, duas frutas, um ovo cozido, um bife grelhado
6º dia 2 copos de leite, duas frutas, um ovo cozido, um bife grelhado e queijo à vontade
7º dia 3 copos de leite e 3 frutas
8º dia 2 copos de leite, uma frua, um bife grelhado, queijo à vontade

A Dieta do Leite funciona mesmo?

Assim como qualquer dieta baseada em um cardápio altamente restritivo, a perda de peso é esperada. Mas é difícil concluir se a perda de peso foi consequência do cardápio restrito ou do consumo de leite e derivados. E como toda dieta restritiva e de choque, a chance de voltar a ganhar tudo o que se emagreceu de volta é grande.

No estudo da Universidade do Estado do Rio de Janeiro a dieta aplicada foi diferente. O grupo cuja alimentação era rica em cálcio consumia 3 copos de leite desnatado por dia mais almoço e jantar. As refeições eram compostas por proteína(carne, frango ou peixe) acompanhada de arroz e feijão ocupando a metade do prato, enquanto a outra metade era composta por folhas e legumes de cor verde escuro que são os mais ricos em cálcio como: o agrião, espinafre e o brócolis.