Dieta do Ovo

Um alimento versátil, barato e repleto de nutrientes, o ovo também pode ajudar a eliminar aqueles quilinhos a mais. Foi o que mostrou um estudo realizado por pesquisadores americanos e publicado na International Journal of Obesity.

Na pesquisa, homens e mulheres que estavam acima do peso, com IMC entre 25 e 50 kg/m², foram divididos em quatro grupos. Para dois grupos foram sugeridas dietas de 1000kcal, sendo que um grupo consumia 2 ovos no café da manhã e o outro consumia pães em vez de ovos. Os outros dois grupos não seguiram nenhuma dieta de restrição calórica, apenas um grupo consumiu ovos e o outro pães no café da manhã.

Ao final de 8 semanas, o grupo que seguiu a dieta de 1000kcal e consumiu ovos no café da manhã teve uma redução 61% maior no seu IMC, redução 65% maior no peso e redução 34% na circumferência da cintura, comparados ao grupo que consumiu pães, também na dieta de 1000kcal. Nos outros 2 grupos que não seguiram dietas, não ouve diferença significativa entre aqueles que consumiram pães ou ovos.

Esse estudo inspirou várias versões de dietas dos ovos com cardápios limitados a 1000kcal, de durações variáveis.

Inclusão do ovo no cardápio

Segundo recomendações da American Heart Association, o consumo de até um ovo por dia não aumenta significativamente o risco de desenvolver doenças do coração. Portanto, a chave é o seu consumo moderado.

Uma boa sugestão para incluir o ovo no seu cardápio é consumi-lo pela manhã. O ovo ajuda a prolongar a sensação de saciedade, podendo tranquilamente segurar a sua fome até a hora do almoço. Um ponto importante é que ele deve ser sempre bem cozido, nunca crú. Um ovo cozido com fatias de torradas integrais e uma fruta pela manhã é um ótimo cardápio para o café da manhã.

Uma variação muito tradicional do ovo cozido é o ovo pochê, que é basicamente o ovo cozido sem a casca. Agora se a sua preferência é pelo ovo frito, a dica é fritá-lo em uma frigideira antiaderente que requer muito menos óleo. Para utilizar menos óleo ainda, basta pingar 3 ou 4 gotas na frigideira e espalhá-lo com o dedo, como se estivesse untando a frigideira. O ovo não irá grudar e você terá o seu ovo frito.

Outra forma saudável de incorporar o ovo em seu cardápio diário sem medo do colesterol, é o consumo apenas da clara do ovo. A clara do ovo é uma boa fonte de proteínas e quase não contém gorduras nem carboidratos. Como sugestão de um prato com claras de ovos experimente uma salada de tomate com claras levemente mexidas, e tempere com sal e folhinhas de manjericão.