Linhaça (Linum usitatissimum)

Detalhes da Linhaça

linhaça vista de perto

A linhaça é a semente do linho, a planta de onde se extrai fibras para a fabricação de tecidos e que também é empregado na confecção de papel, principalmente para papel-moeda e cigarros. A linhaça é rica em ácidos graxos Ômega-3, um importante nutriente que ajuda a diminuir a incidência de doenças cardiovasculares. A linhaça também é uma fonte rica de ácido fólico, vitamina B-6, manganês e fibras além de outros minerais importantes. Outro componente importante da linhaça são as lignanas, fitoquímicos biologicamente ativos com potencial anticancerígeno.

Benefícios da Linhaça Para a Saúde

Considerada um alimento funcional, a linhaça possui propriedades anticancerígenas e antioxidantes. Estudos indicam que a inclusão da linhaça na dieta pode trazer diversos benefícios para a saúde, como:

Comprando Linhaça

As formas mais comuns de linhaça encontrada no mercado são: sementes inteiras, sementes moídas e óleo de linhaça.

As sementes inteiras podem ser estocadas por mais tempo em comparação com as sementes moídas. Mas o consumo das sementes inteiras pode fazer com que não sejam totalmente digeridas, reduzindo seu efeito benéfico para a saúde. Procure estocar a linhaça inteira em potes hermeticamente fechados e longe da luz e umidade.

As sementes moídas são mais facilmente digeridas pelo nosso corpo, porém, estragam mais rápido. A estocagem se faz da mesma maneira da linhaça inteira, sendo ainda recomendável guardar na geladeira ou freezer.

O óleo de linhaça deve ser sempre guardada em potes ou vidros escuros que bloqueiam a passagem de luz. É importante observar a data de validade, quanto mais recente melhor, já que o óleo de linhaça vai perdendo suas propriedades com o tempo. O óleo de linhaça não deve ser utilizado para cozinhar alimentos, sendo apenas adicionado a alimentos prontos.

Dicas de Uso da Linhaça